Lições aprendidas após um ano de Boleto Simples 5/5

O Boleto Simples é um sistema de cobrança que permite qualquer pessoa receber dinheiro usando boleto bancário sem precisar ter a carteira de cobrança no banco. Depois de um ano do produto lançado no mercado, compartilho nessa série de 5 posts os maiores aprendizados que eu tive. ## Aprendizado 5: Fraude pode acabar com o seu negócio

O último ponto que foi o maior aprendizado e ao mesmo tempo o maior baque pra mim, foi a realidade das fraudes. É pouco provável que a gente dê o peso merecido para os riscos de fraude quando começamos um negócio.

Antes de iniciar o Boleto Simples, eu já tinha tomado um prejuízo de mais ou menos R$ 50.000 por conta de fraude. Eu fui usado como laranja (sem saber) num esquema de fraude que envolvia boleto bancário. Foi inclusive esse fato, que me deu força para fazer o Boleto Simples. Depois de tomar a fraude eu aprendi sobre os riscos e me senti mais preparado, então decidi por tocar o Boleto Simples pra frente.

Um aprendizado que eu tive quando tomei essa fraude é que não se faz MVP de sistemas financeiros que envolvem manipulação de dinheiro. Por manipulação de dinheiro, quero dizer cautelar o dinheiro do usuário, como o Paypal faz, por exemplo.

Sabendo disso eu me preparei bastante. Minha prioridade antes de lançar o Boleto Simples ao público foi ter o sistema de segurança e anti-fraude implementado. Não queria correr o risco, mas sabia que em algum nível eu tinha como tomar fraude novamente.

Essa questão de fraude é uma corrida de gato e rato em que nós nos protegemos ao máximo e o fraudador arruma um jeito de burlar, aí nós corremos atrás para fechar o buraco que ele encontrou, e ele arruma outra forma de fraudar. E por aí vai…

Quando trabalhamos com negócios financeiros, a fraude é uma certeza e tem que entrar nos custos inerentes à operação. O desafio é conseguir ganhar dinheiro o suficiente e se proteger o bastante a ponto de que o volume de fraude seja irrelevante.

Embora eu considerasse isso, eu não sabia que o volume de tentativas de fraude seria grande o suficiente a ponto de afetar meu modelo de negócios. Esse foi um grande aprendizado pra mim.

A partir de então, a primeira coisa que tento analisar com muita cautela são os riscos de fraude.

Esse foi o quinto e último aprendizado que eu escolhi compartilhar. Os outros foram:

Atendimento é tudo, Priorize o tracking das métricas, Investir na API é fundamental e Monte uma estratégia de parcerias.

Espero que você tenha curtido e aprendido junto com esta série. Meus próximos posts serão sobre o mercado de FinTech que está fervendo no momento. Para ser notificado quando os próximos posts forem publicados, assine o RSS, ou me acompanhe no Twitter.

Abraço e até a próxima!